May 5, 2021

O Primeiro Horóscopo Empiricamente Verificável e 100% Factual

O Primeiro Horóscopo Empiricamente Verificável e 100% Factual

Este horóscopo resulta de um longo e exaustivo processo de pesquisa cosmológica (finjam que sim), pelo que se recomenda uma leitura cega e compulsiva. Há que acreditar sem questionar, porque só quando somente sentes é que te aproximas do teu interior pleno (ou algo assim). Cá vai a análise preliminar e sugestões para a semana:

  • Carneiro: Momento propício para arriscar e mandar aquela mensagem atrevida à sua bezerra metade. Lembre-se que num mundo repleto de ovelhas, todos querem ser o pastor. Por consequência, há espaço no mercado para os carneiros marrarem. Explorarem*, perdão.
  • Touro: Semana tensa no campo da amizade, recomenda-se especial atenção a facadas nas costas por parte de supostos compinchas. Por oposição, dê-lhe forte no Forex, aqueles gráficos vão estar muito loucos. As energias também me comunicam que é melhor relembrar as regras dos semáforos; há que permanecer cromaticamente consciente.
  • Gémeos: Poupe bastante e não se precipite, olhe que as adversidades andam aí a espreitar. Mas alegre-se, pois é capaz de lhe surgir uma ninhada de felinos à porta, com jeitinho. Na realidade, vão ser só 2 gatinhos. E siameses…
  • Caranguejo: Tem de desacelerar, se continuar assim arrisca-se a perder muito do que conseguiu alcançar (que também não é assim tanto, mas um gajo finge). Respire fundo, aproveite para dar um passo para o lado (ou vários) e caminhar lateralmente à beira-mar.  Cheira-me que poderá encontrar lá alguém para fazer conchinha eternamente. Que abúzio!
  • Leão: São momentos críticos para aquilo que tanto deseja. Ainda que Saturno esteja alinhado com o Coliseu e que eu tenha espirrado agora, não consigo inferir com certeza se vai tudo correr como pretende. Por isso, solte-se e mostre as garras. Recorra aos seus instintos de líder natural e mande os outros fazer por si, aquilo que quer feito. Para pontos sociais extra, apare a juba no barbeiro.
  • Virgem: No que toca a relacionamentos, relaxe que o status quo vai ser preservado. Muita atenção à sua alimentação. Esta semana a Lua tem solstício no azeite e ambos sabemos o que significa (nem vale a pena clarificar, fica assim subentendido que fica muito bem).
  • Balança: A dúvida paira sobre os seus objetivos como um denso nevoeiro de incerteza abismal. Até eu, dotado de uma profícua carreira a interpretar sinais, tive dificuldade em perceber o que irá acontecer nos próximos dias. Requisitei auxílio de um titã roxo com fetiche por pedras preciosas, que clarificou a sua situação: ‘No âmbito do dinheiro, vai ter algum. No ramo do amor, vai ter nenhum. Perfectly balanced, as all things should be’.
  • Escorpião: Está com os equinócios confusos, parece a Maya depois de uma jantarada a mamar leitões. Obviamente que isto vai afetar o seu discernimento, mas recomendo que não aceite propostas monetariamente adocicadas. Provavelmente é só veneno e depois chora.
  • Sagitário: Altura ideal para dar aquele tiro certeiro no alvo amoroso. Quer tenha o ascendente em Legolas ou em Katniss Everdeen, não só vai conseguir, como ainda consegue com estilo (o que é sempre um bónus agradável). Siga a sua intuição e nada tema.
  • Capricórnio: Semana desafiante ao nível da ortodontia, poderá ter algumas dores de dentes. Caso não tenha dentes, prepare-se; eles estão prestes aí a rebentar pelas bochechas acima. É como se costuma dizer: ‘Pouco siso mental, muito siso dentário.’
  • Aquário: Não se deixe definir por rótulos e impeça qualquer tentativa exterior de imposição de limites. Aproveite esta altura para rever prioridades e cortar relações que sejam peso morto: o que interessa é viveiro a vida (permitam-me quebrar a quarta parede zodiacal para vincar que esta até a mim me doeu).
  • Peixes: Vai atrair atenção indesejada, mas prossiga com empenho e fulgor. Cautela com anzóis, em particular se manuseados por pescadores. Esta malta poderá estar numa de assediar e tudo indica que lhe irão pescar o olho. Isto é simultaneamente desagradável e doloroso, mas tem espinha para aguentar, caso suceda.

E assim, João Guilherme Matos termina a jornada de guru espiritual, já com a saudade a bater forte cá dentro. A Marta Sá desafiou-me no episódio 28 do podcast Azar Cósmico e esta crónica nasceu da sua proposta.

Se achaste razoável ou minimamente comestível, partilha com aquele amigo que precisa de orientação na vidinha. Descobre mais do meu trabalho escrito aqui e passa aí pelas minhas redes para teres acesso a cenas tipo esta: